Última Hora

Encontrados corpos de duas vítimas da derrocada em Borba

Encontrados corpos de duas vítimas da derrocada em Borba

As autoridades já removeram a viatura. Corpos das vítimas estão a ser retirados neste momento.

Os corpos dos dois cunhados desaparecidos aquando do desabamento da antiga EN 255 estão neste momento, a ser removidos do poço da pedreira, em Borba, onde caíram, quando o carro em que circulavam foi "engolido".

Segundo informações a que o JN teve acesso, "o veículo em que seguiam José Rocha e Carlos Lourenço já foi retirado" das profundezas da pedreira Flácido Simões.

Uma outra vítima, um idoso de 85 anos, continua dado como desaparecido.

Viatura encontrada na quinta-feira

O resgate dos corpos, que serão dos dois cunhados de Bencatel que circulavam numa carrinha de caixa aberta quando a estrada desabou, ocorre um dia depois de ter sido detetada uma estrutura metálica cuja configuração se afigurava compatível com a de uma viatura, submersa na pedreira onde ocorreu o deslizamento de terras e colapso de uma estrada em Borba, informou, quinta-feira, a Proteção Civil.

"Durante as operações de reconhecimento e busca realizadas durante a tarde de hoje, na pedreira em Borba, foi detetada uma estrutura metálica submersa, a uma profundidade de cerca de sete metros, cuja configuração se afigura compatível com a de uma viatura", refere a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), em comunicado, na quinta-feira.

Ao anoitecer e com o aumento da precipitação no local, as operações foram suspensas por razões de segurança, sendo retomadas esta sexta-feira, para que as equipas de busca e resgate "possam confirmar os dados recolhidos hoje, ao final do dia", adianta a ANPC, como aconteceu. Foram de imediato iniciadas as operações de resgate.

O deslizamento de terras e o colapso de um troço de estrada para dentro de duas pedreiras em Borba, no distrito de Évora, ocorrido no dia 19, provocou dois mortos, o maquinista e o auxiliar de uma retroescavadora, e três desaparecidos.

Os três homens dados como desaparecidos viajavam num automóvel e numa carrinha de caixa aberta, que foram arrastados para dentro de uma das pedreiras quando passavam na estrada que ruiu.

O corpo da segunda vítima mortal foi retirado no sábado à noite e o da primeira no dia seguinte ao colapso da estrada.