Pandemia

Hospital Militar de Lisboa duplica capacidade com mais 140 camas

Hospital Militar de Lisboa duplica capacidade com mais 140 camas

O polo de Lisboa do Hospital Militar duplicou a sua capacidade, com mais 140 camas, para ajudar a tratar doentes covid-19. Destas, 130 são de internamento em enfermaria e dez de cuidados intensivos.

O hospital, em Lisboa, terá 274 camas de enfermaria, 197 para doentes covid-19, o que corresponde a 72% da capacidade total, e 20 camas de cuidados intensivos, das quais 15 são para doentes infetados com novo coronavírus, o que corresponde a 75% das camas disponíveis. Para o conseguir teve de adaptar e converter refeitórios e áreas destinadas a consulta externa, avança em comunicado o Ministério da Defesa Nacional.

O Hospital das Forças Armadas (HFA) está a reforçar ainda as suas equipas de profissionais de saúde com médicos, enfermeiros e outros militares, bem como equipamentos de saúde provenientes da Marinha, do Exército e da Força Aérea, em que se inclui o Hospital de Campanha do Exército.

1107 doentes do Serviço Nacional de Saúde

Os polos de Lisboa e Porto do HFA tem atualmente 124 doentes covid-19, 101 dos quais provenientes do Serviço Nacional de Saúde (SNS). O Centro de Apoio Militar covid-19, em Lisboa, tinha ontem 71 doentes internados. Esta infraestrutura também aumentou a capacidade de internamento, de 60 para 72 camas, tendo havido ainda um reforço de profissionais de saúde por parte da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.

PUB

Desde o início da pandemia, em março, o Hospital das Forças Armadas já acolheu 652 doentes covid-19 provenientes de hospitais do Serviço Nacional de Saúde. Já o Centro de Apoio Militar covid-19, em Lisboa, recebeu, desde 17 de junho de 2020, 455 doentes das várias unidades hospitalares da região de Lisboa e Vale do Tejo. No total, as Forças Armadas já receberam 1107 doentes do SNS.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG