Ambiente

Projeto de 3,6 milhões de euros no Parque das Serras do Porto

Projeto de 3,6 milhões de euros no Parque das Serras do Porto

A Associação de Municípios Parque das Serras do Porto vai realizar, até 2027, um conjunto de intervenções na floresta, desde plantação de árvores a gestão de matos com cabras sapadoras, num investimento de 3,6 milhões de euros.

Em causa está um território de cerca de 6000 hectares, que abrange as serras de Santa Justa, Pias, Castiçal, Flores, Santa Iria e Banjas, nos concelhos de Gondomar, Paredes e Valongo.

O projeto denomina-se "Life Serras do Porto" e a Comissão Europeia financia com 2,1 milhões de euros.

PUB

Prevê-se a intervenção em 423 hectares de área florestal, incluindo o controlo de espécies exóticas e invasoras. Irá proceder-se à plantação de cerca de 161 mil árvores e arbustos.

No projeto também consta a realização de ações demonstrativas em 12 hectares de área agrícola, com a instalação de um apiário pedagógico e a gestão de matos com recurso a cabras sapadoras.

A opção por soluções de base natural e técnicas de bioengenharia para aumentar a retenção de água no solo e melhorar as margens ribeirinhas, bem como a constituição de uma equipa para trabalhos complementares de silvicultura, são outras das atividades na agenda.

A associação pretende dinamizar ações para escolas, famílias e população em geral. Será promovida a participação cidadã através do voluntariado.

"O Life Serras do Porto tem como temática nuclear a floresta e contempla um conjunto integrado de intervenções com um elevado impacte positivo na paisagem e nos ecossistemas, além de ações de monitorização, divulgação, sensibilização e envolvimento cívico", dá conta a associação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG