Tondela

Várias dezenas de casas arderam no concelho de Tondela

Várias dezenas de casas arderam no concelho de Tondela

Várias dezenas de habitações, barracões, unidades comerciais e unidades fabris arderam durante a madrugada desta segunda-feira no concelho de Tondela.

"São seguramente várias dezenas as casas que arderam, muitas delas habitações permanentes, outras segundas habitações e outras que estavam em bom estado, mas devolutas", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus.

O presidente do Centro Hospitalar Tondela-Viseu disse, esta segunda-feira, que foi ativado o plano de contingência interno desta unidade, que "garante uma disponibilidade de meios acrescida" depois de terem ali chegado dezenas de feridos.

"A nossa prioridade é tratar dos doentes com doenças respiratórias agravadas pelo fumo, os incidentes resultantes do combate ao fogo e as queimaduras. Só ontem (domingo) transferimos de Tondela para Viseu 12 doentes", informou Cílio Correia.

À agência Lusa disse ainda que para já não estão contabilizadas as vítimas mortais. No entanto, adiantou que são já "várias as dezenas de feridos".

"Já estive em contacto com o secretário de Estado [da Saúde], que está a mobilizar meios no sentido de podermos fazer transferências de doentes para outras unidades de queimados. Os helicópteros também não conseguem levantar voo por causa do teto baixo, mas estamos a fazer tudo o que é possível", concluiu.

"Arderam também muitos barracões, várias unidades comerciais, em particular stands de automóveis e oficinas, mas também quatro unidades na zona industrial de Tondela", disse o presidente da Câmara de Tondela.

De acordo com o autarca, das quatro unidades situadas na zona industrial da Adiça, duas delas sofreram danos profundos e de forma irrecuperável, enquanto as outras ficaram afetadas em algumas áreas.

"São impactos muito fortes também no emprego e na atividade económica do concelho", acrescentou.

O concelho de Tondela acordou com uma densidade de fumo, em especial na cidade, o que fez com que todas as escolas permanecessem encerradas durante o dia.

"Como não temos noção de como o dia vai evoluir, vamos ver se as condições meteorológicas ajudam para podermos ter a situação controlada com brevidade. Se não ajudarem, poderemos ter um dia muito crítico", considerou.

José António Jesus destacou ainda que este é um incêndio de todo o concelho de Tondela, muito diferente do de 2013, que estava localizado numa área em concreto.

"Dificilmente encontramos uma freguesia onde não tenha ocorrido um incêndio", concluiu.

ver mais vídeos