EUA

Trump contrata advogado que representou Clinton no processo de destituição

Trump contrata advogado que representou Clinton no processo de destituição

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contratou um advogado que representou Bill Clinton no processo de destituição em 1998, com o objetivo de ser "mais agressivo" na sua resposta à investigação sobre a Rússia.

O procurador especial Robert Mueller está a investigar a alegada ingerência russa nas eleições presidenciais norte-americanas em 2016.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, anunciou, em comunicado, a contratação do veterano advogado Emmet T. Flood, que era um dos representantes de Clinton no processo de destituição a que foi submetido no Congresso depois de mentir sobre o seu relacionamento com Monica Lewinsky.

"Emmet Flood vai juntar-se à equipa da Casa Branca para representar o Presidente e o seu governo contra a caça às bruxas da Rússia", referiu Sarah Sanders, numa referência à investigação liderada pelo procurador especial Robert Mueller.

Emmet T. Flood vai substitui Ty Cobb, que chegou no verão passado à Casa Branca, a fim de assumir o processo de investigação do procurador especial Mueller na alegada ingerência russa nas eleições de 2016.

"Ty Cobb, um amigo do Presidente que fez um excelente trabalho, vai aposentar-se no final deste mês", acrescentou Sanders.