Acordo

Twitter abre processo judicial contra Elon Musk

Twitter abre processo judicial contra Elon Musk

Com a ação judicial, o Twitter quer forçar o CEO da Tesla a finalizar o acordo que tinha iniciado, mas que acabou por deixar cair, o que resultou numa queda nas ações da empresa.

O Twitter instaurou, esta terça-feira, um processo judicial contra Elon Musk, depois de o empresário ter admitido, numa carta, que pretendia rescindir o acordo de aquisição da rede social por 44 mil milhões de dólares, alegando que a empresa "não cumpriu com as suas obrigações contratuais".

Contudo, a equipa jurídica do Twitter reitera que a tentativa de rescisão é "inválida e indevida", assegurando que o magnata quis desistir do negócio devido às mudanças no mercado de ações que afetaram o património que detém.

PUB

O acordo, que não chegou a acontecer, alicerçou a batalha judicial que agora se inicia e tem como objetivo forçar o bilionário a adquirir a empresa. O processo pede que a justiça norte-americana obrigue Musk a concluir o acordo assinado para a aquisição do Twitter, argumentando que nenhuma indemnização económica pode reparar os danos já causados à empresa.

Após Musk anunciar que pretendia recuar nas negociações, as ações da rede social caíram 11,40% para os 32,65 dólares (cerca de 32 euros).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG