Covid-19

Quarta fase de desconfinamento antecipada para 1 de maio

Quarta fase de desconfinamento antecipada para 1 de maio

O Governo esteve reunido, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros e já apresentou a última fase do plano de desconfinamento. A abertura das fronteiras terrestres, o alargamento dos horários na restauração e a criação de uma cerca sanitária em duas freguesias de Odemira estão entre as novidades.

- Portugal passa à situação de calamidade a partir das zero horas de sábado

- Rt e taxa de incidência a 14 dias mantêm país "no quadrante verde"

- A partir de sábado, na generalidade do país:

- Abertura das fronteiras terrestres

PUB

- Restaurantes, cafés e pastelarias (máx. 6 pessoas ou 10 em esplanadas, por grupo), até às 22.30 horas

- Todas as lojas e centros comerciais até às 21 horas durante a semana e 19 aos fins-de-semana e feriados.

- Espetáculos culturais até às 22.30 horas

- Casamentos e batizados com 50% de lotação

- Há oito concelhos (dos 278 de Portugal continental) que não chegam à próxima fase de abertura. Saiba quais são aqui.

- Cerca sanitária em duas freguesias de Odemira (São Teotónio e Longueira/Almograve) face ao elevado número de casos de covid-19.

- Obrigatoriedade do teletrabalho mantém-se até ao final do ano

- Dever cívico de confinamento prossegue na situação de calamidade

- Avaliações epidemiológicas passam a ser semanais em vez de quinzenais

- Uso de máscara deverá permanecer obrigatório "pelo menos até ao fim do verão", aposta Costa

- Futebol, bares e discotecas ainda sem novidades

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG