Priolo

Basta chegar a São Miguel. "Alojamento e alimentação" pagos para contar ave única dos Açores

Basta chegar a São Miguel. "Alojamento e alimentação" pagos para contar ave única dos Açores

A Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves anuncia que pretende "contar todos os priolos do mundo", pagando o "alojamento, transporte e alimentação" dos que participarem na contagem daquela ave endémica e única de São Miguel, Açores.

Em comunicado, a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) anuncia a realização da quarta edição do Atlas do Priolo, de 27 de junho a01 de julho, que visa "contar todos os priolos do mundo" e cujas inscrições estão a decorrer até 15 de abril.

"O objetivo da iniciativa é aferir o estado desta espécie ameaçada, que não existe em mais nenhum lugar do mundo para além do nordeste da ilha de São Miguel", lê-se na nota de imprensa.

A iniciativa vai decorrer numa "única manhã", na zona do Pico da Vara e Ribeira do Guilherme, nos concelhos de Nordeste e Povoação, onde "cerca de 50 voluntários percorrerão toda a área de distribuição desta espécie".

"A SPEA assegura o alojamento, transporte e alimentação em São Miguel durante o período do Atlas, pelo que os participantes só precisam assegurar a sua deslocação até à ilha de São Miguel, Açores. A organização oferece ainda apoio a todos os participantes que pretendam prolongar ou antecipar a sua estadia nas Terras do Priolo", acrescenta a Sociedade.

A SPEA realça que não é "necessário ser um especialista para participar", uma vez que os "voluntários recebem formação nos três dias anteriores à contagem".

Segundo Azucena de la Cruz, da SPEA, citada no comunicado, trata-se de um "momento de festa", de "partilha de conhecimentos e experiências entre pessoas que têm em comum o gosto pela natureza e a vontade de garantir a proteção desta ave tão especial".

PUB

As inscrições estão a decorrer no portal "online" do Centro do Priolo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG