Exclusivo

Desemprego de deficientes subiu 30% numa década

Desemprego de deficientes subiu 30% numa década

Número nunca foi tão alto. Setor público fraciona concursos para fugir à quota de 5%.

O número de pessoas com deficiência inscritas nos serviços públicos de emprego aumentou 30% na última década, como mostra o relatório deste ano do Observatório da Deficiência e Direitos Humanos.

Entre 2011 e 2021, inscreveram-se no Instituto do Emprego e Formação Profissional mais 3175 pessoas com deficiência. Em 2011, o número de desempregados era de 10 408 e em 2021 aumentou para 13 583, com destaque para os aumentos durante os períodos da troika e da pandemia. O desemprego total, que inclui pessoas com e sem deficiência, baixou 42,5%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG