O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Filipe Duarte Santos: "Se emissões não diminuírem, o problema vai-se agravar"

Filipe Duarte Santos: "Se emissões não diminuírem, o problema vai-se agravar"

Filipe Duarte Santos, presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável.

Há três anos, avisava que o clima do Norte de África estava a chegar a Portugal. Confirma-se?
Confirma-se perfeitamente. Não só o clima está mais seco, como está também bastante mais quente. No Norte de África observa-se a mesma tendência. Esta mudança de climas tem a ver com a circulação geral da atmosfera. É uma tendência a nível mundial e é consequência das alterações climáticas. Há mais secas, particularmente mais gravosas nos países mais pobres.

Mudança essa também mais gravosa na Península Ibérica.
No estudo SIAM (Scenarios, Impacts and Adaptation Measures), iniciado em 1999 com financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian, já se indicava que isto ia acontecer na Península Ibérica. A gravidade depende das emissões, se não diminuírem e continuarem a crescer, o problema vai-se agravar. Quanto mais tarde começarem a decrescer as emissões, mais grave será este problema de passarmos a ter um clima mais quente e mais seco. A situação é grave, sobretudo no Sul da Europa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG