Exclusivo

Governo falha quase todas as metas para inclusão de deficientes

Governo falha quase todas as metas para inclusão de deficientes

Medidas de 2021 por cumprir: barreiras estão por eliminar, acesso ao emprego está igual e a comissão não se reuniu este ano. Ministério diz que tempo não foi suficiente.

A Estratégia Nacional para a Inclusão das Pessoas com Deficiência (ENIPD) falhou quase todas as metas propostas para 2021. As barreiras arquitetónicas estão por eliminar, os guias para a prevenção da violência não existem e nem o diagnóstico sobre a empregabilidade foi feito, numa altura em que o desemprego de pessoas com deficiência é mais alto do que nunca. A Comissão de Políticas de Inclusão das Pessoas com Deficiência, liderada pela secretária de Estado, ainda não se reuniu em 2022.

A ENIPD entrou em vigor há um ano, a 1 de setembro, e contém 170 medidas concretas para implementar até 2025, das quais cerca de 70 deviam ter sido concluídas ou iniciadas em 2021. Mas a esmagadora maioria falhou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG