Covid-19

Há 22 concelhos com incidência acima de 480 casos e dois já estão no nível mais grave

Há 22 concelhos com incidência acima de 480 casos e dois já estão no nível mais grave

A taxa de incidência em Lisboa já está nos 749 casos por 100 mil habitantes, mais 154 do que os 595 da semana passada, estando há um mês acima do limite dos 240 e pela segunda semana acima dos 480. No Porto, subiu de 249 para 484 casos, na segunda semana consecutiva acima dos 240. No Algarve, há dois concelhos no nível mais grave.

Há neste momento 66 concelhos com mais de 240 casos por 100 mil habitantes, número bem acima (mais 16) dos 46 da semana passada. Desses, 22 já ultrapassaram os 480 casos (eram nove há uma semana), o segundo nível mais grave nas categorias utilizadas pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças. Há ainda dois concelhos que já entraram no nível mais grave, a partir dos 960 casos por 100 mil habitantes: Albufeira (997) e Loulé (1016).

Na categoria entre os 480,0 e 959,9 casos, estão estes 20 concelhos: Almada (525), Amadora (485), Avis (787), Elvas (518), Faro (714), Lagoa (Açores, 861), Lagos (700), Lisboa (749), Lourinhã (516), Mafra (490), Mira (539), Mourão (658), Nazaré (610), Olhão (627), Portimão (588), Porto (484), Sesimbra (495), Silves (516), Sobral de Monte Agraço (665) e Viana do Alentejo (764). O concelho de Constância foi o único que conseguiu sair deste grupo, baixando a incidência de 716 para 444.

PUB

Na categoria entre os 240,0 e 479,9 casos, estão os outros 44 concelhos (mais sete do que os 37 da semana passada): Albergaria-a-Velha (268), Alcochete (266), Arouca (345), Arraiolos (320), Arruda dos Vinhos (285), Aveiro (270), Barreiro (435), Benavente (267), Carregal do Sal (279), Cascais (452), Castro Marim (307), Chaves (265), Constância (444), Ílhavo (250), Lagoa (290), Loures (411), Matosinhos (338), Moita (463), Monchique (241), Montemor-o-Novo (285), Montijo (374), Odivelas (439), Oeiras (437), Oliveira do Bairro (247), Palmela (303), Paredes de Coura (248), Pedrógão Grande (264), Peniche (258), Reguengos de Monsaraz (252), Ribeira Grande (292), Santiago do Cacém (262), Santo Tirso (342), São Brás de Alportel (424), Seixal (431), Setúbal (277), Sines (452), Sintra (430), Torres Vedras (257), Trancoso (427), Vagos (435), Vila do Bispo (330), Vila Franca de Xira (461), Vila Nova de Gaia (322) e Viseu (388).

Dos 37 concelhos que na semana passada estavam acima dos 240 casos, seis conseguiram recuperar: Castelo de Vide (104), Grândola (123), Idanha-a-Nova (151), Odemira (227), Rio Maior (217) e Sousel (69).

Na categoria entre os 120,0 e 239,9 casos, a quarta mais grave, estão 64 concelhos (na semana passada eram 40).

No total, há neste momento 130 concelhos acima dos limites fixados pelo Governo, mais 44 do que na semana passada. Dos 308 municípios do país, 178 estão abaixo do limite de 120 casos por 100 habitantes.

Segundo o boletim da DGS desta sexta-feira, a incidência nacional é de 272,0 casos por 100 mil habitantes e de 280,5 se considerado apenas o continente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG