Emergência

Avião sem instrumentos de voo aterrou em segurança em Beja

Avião sem instrumentos de voo aterrou em segurança em Beja

Um avião da Air Astana declarou emergência em Lisboa e aterrou em Beja. Dois dos seis tripulantes foram encaminhados para o hospital com sintomas de ansiedade e hipertensão.

A aterragem apenas foi possível à terceira tentativa. No local, o JN acompanhou as manobras de aterragem do aparelho, um Embraer. A aeronave borregou (termo técnico da aviação para designar tentativas frustradas de aterragem) duas vezes, antes de conseguir aterrar na pista 19 do aeroporto de Beja.

O JN sabe que os seis ocupantes do aparelho não se sentiram bem e necessitaram da assistência da VMER de Beja. Dois deles foram encaminhados para o hospital de Beja: um britânico de 54 anos e um cazaque de 37. Ambos tiveram alta ao final da tarde.

A decisão de aterragem foi tomada quando os dois F-16 da Força Aérea Portuguesa se aproximaram e acompanharam o piloto nos procedimentos de controlo da aeronave, segundo o porta-voz da Força Aérea disse a Lusa.

O aparelho estava em manutenção em Alverca e levantou voo paro um "voo de ensaio". O avião da companhia do Cazaquistão "estava em grandes dificuldades", adiantou ao JN fonte conhecedora do assunto.

Imobusiness