Privacidade

Bruxelas expõe dados pessoais de autarcas portugueses

Bruxelas expõe dados pessoais de autarcas portugueses

Moradas, números de telemóvel e assinaturas de presidentes estiveram online. Relatório público do Wifi4EU escondeu problema, mas Comissão agora confirma.

Ver versão inglesa/ See english version

É a maior fuga de informação de dados pessoais de presidentes de câmara de que há memória na Europa, aquela que aconteceu a 15 de maio deste ano e que estava escondida nos gabinetes da Comissão Europeia em Bruxelas.

Moradas, números de telefone e fotocópias de passaportes e cartões de cidadão, com assinatura visível, estiveram acessíveis a qualquer utilizador da plataforma Wifi4EU, um projeto comunitário que financia a instalação de Internet sem fios nos espaços públicos.

À distância de um computador, todos os dados pessoais de 11.402 Câmaras da Europa que se candidataram ao Wifi4EU, entre as quais 241 de Portugal, ficaram expostos, como confirma o relatório técnico feito pela Direção Geral das Comunicações da Comissão Europeia (DG Connect), a que o JN teve acesso integral.

Ler mais aqui

ver mais vídeos