Boletim DGS

Internados voltam a subir em dia com nove mortes. DGS retifica casos de quarta-feira

Internados voltam a subir em dia com nove mortes. DGS retifica casos de quarta-feira

Portugal regista, esta quinta-feira, 1982 novos casos e nove mortes associadas à covid-19. Internados voltam a subir para um total de 695.

O boletim enviado esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde explica que dos 2830 infetados que constam do relatório só 1982 foram, de facto, contabilizados nas últimas 24 horas. Os restantes 848 são relativos aos dados epidemiológicos de ontem, não incluídos "por constrangimento informático". De referir que, na quarta-feira, tinham sido notificadas 1565 infeções, número que sobe, assim, para 2413.

Em termos comparativos com a quinta-feira da semana passada (2552 infetados e 15 óbitos), há hoje uma tendência decrescente de casos positivos - menos 570 - e de vítimas mortais - menos seis.

Desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020, 1 042 322 cidadãos contraíram a doença, 980 599 recuperaram e foram registadas 17 766 mortes. Ao contrário de ontem, o número de casos ativos de infeção aumentou para 43 957, mais 684.

Norte com mais infeções

O Norte volta, hoje, a somar a maioria dos casos: 1075, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo com 854, o Centro com 472, o Algarve com 270, o Alentejo com 119, a Madeira com 30 e os Açores com 10.

PUB

Três vítimas mortais foram registadas em LVT, duas no Centro, outras duas no Alentejo, uma no Norte e uma no Algarve. Em termos de faixa etária, são quatro octogenários, três cidadãos com 70 a 79 anos e dois na casa dos 60.

Nos hospitais portugueses estão, esta quinta-feira, 695 pessoas, mais 14 do que ontem. Tendência crescente também verificada nas Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), onde há mais nove infetados, 140 no total.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG