DGS

Mais doentes internados em dia com três mortos e 441 casos de covid-19

Mais doentes internados em dia com três mortos e 441 casos de covid-19

Este domingo há mais três mortes por covid-19 e 441 casos confirmados de infeção pelo coronavírus SARS CoV-2. Doentes internados aumentam. Norte com mais casos diários.

No total, Portugal regista 16.945 óbitos associados à doença covid-19 na sequência de 831.001 infeções reportadas desde o início da pandemia, em março de 2020.

Em 24 horas, os doentes internados aumentaram para 428 (mais 13) e em cuidados intensivos há 109 (mais seis).

As três vítimas mortais que constam no boletim epidemiológico divulgado, este domingo, pela Direção-Geral da Saúde, foram notificadas em Lisboa e Vale do Tejo (duas) e na zona Centro (uma). São duas mulheres na faixa etária dos 70-79 anos e outra com 80 ou mais anos.

O Norte volta a ser a região do país com mais casos diários. Em 24 horas, notificou 193 novas infeções. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo com 109, o Centro com 46, o Algarve com 38, os Açores com 33, a Madeira com 17 e o Alentejo com cinco.

Mais 395 doentes conseguiram recuperar, num total de 788.669 recuperados.

PUB

Aumentaram igualmente os casos ativos, que são agora 25.387 (mais 43), e os contactos sob vigilância das autoridades de saúde, num total de 20.712 (mais 74).

Geograficamente, é Lisboa e Vale do Tejo que regista o valor mais elevado de óbitos por covid-19, com 7185. O Norte lamenta 5330 vítimas mortais, o Centro 3006, o Alentejo 970, o Algarve 356, a Madeira 68 e os Açores 30.

Em relação aos casos positivos confirmados, é o Norte que soma mais notificações: 333.735. Lisboa e Vale do Tejo acumula 314.677, o Centro 118.125, o Alentejo 29.559, o Algarve 21.386, a Madeira 8979 e os Açores 4540.

Recorde-se que, na sexta-feira, a matriz de risco indicava uma incidência de 71,6 casos por cem mil habitantes a 14 dias a nível nacional (68 casos em território continental) e o risco de transmissibilidade - R(t) - era de 1,05 em Portugal (1,04 com exceção das ilhas). A matriz de risco volta a ser atualizada na segunda-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG