DGS

Mais sete mortes e 283 casos de covid-19. Infetados dobram no Norte

Mais sete mortes e 283 casos de covid-19. Infetados dobram no Norte

Portugal registou mais sete mortes e 283 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. No total, contam-se 36463 infetados e 1512 óbitos desde o início da pandemia. O Norte soma mais do dobro dos casos de ontem.

Segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde, morreram em Portugal sete pessoas desde o balanço de sexta-feira, dia em que apenas se tinha registado um novo óbito, elevando para 1512 o número total de mortes por covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registados mais 283 casos de infeção, aumentando o total de infetados para 36463.

Das sete vítimas mortais contabilizadas nas últimas 24 horas, cinco foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo (422), uma na região Norte (811 óbitos) e outra no Alentejo (a segunda desde o início da pandemia, um homem de 72 anos, de Beja, e com outras patologias). No Algarve e nos Açores, o número de mortes mantém-se 15 e na Madeira não há registo de óbitos.

Novos casos mais do que duplicam no Norte

Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a região com maior crescimento dos casos, registando 215 dos novos 283 casos positivos, o que equivale a cerca de 76% do total. O Norte, que nos últimos dias tem somado casos na ordem da vintena e que ontem somou apenas 17 casos, regista hoje mais do dobro de infeções (42). De resto, há mais 22 infetados no Centro (mais 17 do que ontem) e mais quatro no Alentejo (que ontem não tinha registado novos casos). Algarve, Açores e Madeira sem mais infeções.

No distrito do Porto, registaram novos infetados os concelhos de Marco de Canaveses (1 em 93), Lousada (1 em 347) e Gaia (2 em 1599).

PUB

Três vítimas tinham menos de 70 anos

Das sete vítimas mortais, duas tinham mais de 80 anos, outras duas tinham entre 70 e 79 e três tinham menos de 70. Por outro lado, as faixas etárias onde foram detetados mais novos casos foram as dos 40 aos 49 anos (mais 62 infeções), dos 20 aos 29 (mais 58), dos 30 aos 39 (42) e dos 50 aos 59 (39). Com mais de 70 anos, há 31 casos novos.

Mais quatro doentes em cuidados intensivos

Há, em todo o país, 428 pessoas a receber tratamento hospitalar (menos 12 do que ontem), 77 das quais em unidades de cuidados intensivos (mais quatro). E há ainda 22438 casos recuperados, mais 238 do que ontem.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG