Exclusivo

Metade dos jovens admite fazer sexo sem proteção

Metade dos jovens admite fazer sexo sem proteção

Metade dos jovens numa relação admite não usar sempre o método contracetivo que evita transmissão de doenças e infeções.

A maioria dos jovens utilizou, no ano passado, o preservativo na sua primeira relação sexual, para evitar uma gravidez. Porém, o uso deste método contracetivo diminuiu face ao retratado em 2008. Naquele ano, 97% dos rapazes disseram ter usado preservativo. No ano passado, o número diminuiu para os 88,4%. Ao mesmo tempo, 55% dos adolescentes que estão atualmente numa relação de namoro que inclua sexo admitem não usar sempre preservativo, o que mostra que correm riscos.

A conclusão é do estudo "Jovens e Educação Sexual: Conhecimentos, Fontes, Recursos", que é apresentado hoje, em Lisboa, pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, em conjunto com a Associação para o Planeamento da Família e o Centro Lusíada de Investigação em Serviço Social e Investigação Social.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG