"Aldeia Segura"

Ministério Público abre inquérito a golas inflamáveis

Ministério Público abre inquérito a golas inflamáveis

O Ministério Público abriu um inquérito à aquisição dos equipamentos destinados ao programa "Aldeia Segura", entre eles as golas antifumo inflamáveis e os kits de emergência.

O anúncio foi feito esta terça-feira pela Procuradoria-Geral da República (PGR), em resposta ao JN.

Segundo fonte oficial da PGR, o inquérito "corre termos no Departamento Central de Investigação e Ação Penal".

A instauração do inquérito surge cinco depois de o JN ter revelado que 70 mil golas antifumo inflamáveis, com um custo de 125 mil euros, tinham sido distribuídas por 1909 povoações que integram o programa "Aldeia Segura, Pessoas Seguras".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG