Autárquicas

Moedas: "Trabalharei com todos. Temos de deixar a política da fricção"

Moedas: "Trabalharei com todos. Temos de deixar a política da fricção"

O próximo presidente da C.M. Lisboa, Carlos Moedas, garantiu, esta segunda-feira, que está disponível para trabalhar com todos os vereadores, no sentido de criar condições para governar a cidade com estabilidade.

"Penso que tudo vai correr bem", garantiu Moedas, aos jornalistas, sublinhando a sua vontade de "trabalhar por resultados e pelas pessoas". "Temos de deixar a política da fricção e fazer a política da construção", acrescentou, antes de almoçar com os trabalhadores de limpeza do município, uma das promessas que fez durante a campanha.

A coligação com o CDS-PP protagonizada por Moedas conquistou, este domingo, o município com 34,25% dos votos, deixando Fernando Medina e o PS a menos de um ponto percentual (33,3%).

O ex-comissário da União Europeia garantiu ainda que não "vai falhar as promessas" feitas na campanha e que vai fazer uso da sua experiência nas instituições europeias para procurar "consensos" com os adversários políticos. "Trabalharei com todos", salientou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG