Análise

Porto foi decisivo para o segundo lugar de Ana Gomes

Porto foi decisivo para o segundo lugar de Ana Gomes

Foi o único distrito onde a candidatura venceu Ventura em todos os concelhos. Lisboa, Braga e Coimbra Ajudaram.

A acirrada disputa pelo segundo lugar nas eleições presidenciais de domingo foi decidida no Porto, onde Ana Gomes obteve 15,5% dos votos (116 906), mais quase 54 mil do que André Ventura, que se ficou pelos 8,4% (63 194), a uma distância superior à da média nacional. Foi o único distrito onde a candidata independente, apoiada por PAN e Livre, venceu o líder do Chega em todos os 18 concelhos, alguns dos quais de forma expressiva.

Foi o caso do Porto, o município do país onde alcançou a vitória mais folgada, com uma vantagem de 11 pontos percentuais: chegou aos 20%, enquanto o adversário não foi além dos 8,4% - a diferença foi de mais do dobro dos votos (21 486 contra 9257), à semelhança do que, aliás, aconteceu em cinco das seis freguesias. A exceção foi a de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, a única em que perdeu o segundo posto para Tiago Mayan, da Iniciativa Liberal, freguesia onde o candidato está recenseado.

A antiga deputada ao Parlamento Europeu - que nos resultados globais em todo o território conseguiu 12,9%, mais 1% do que o líder do Chega, e mais 45 mil votos - ficou também destacada nos outros cinco concelhos mais populosos do distrito do Porto: em Gaia, Matosinhos, Maia, Gondomar e Valongo duplicou a votação face ao candidato da e extrema-direita. Nos restantes, a vantagem foi menor: em alguns, foi de menos de mil votos, sendo que em Baião foi de apenas 68 para André Ventura.

fica à frente nos açores

Para além do Porto, Ana Gomes segurou a segunda posição em outros seis distritos do litoral, com maior densidade populacional. Destaque para Lisboa - onde obteve quase mais 16 mil votos do que o adversário -, para Aveiro e Braga - onde a diferença foi superior a cinco mil -, logo seguidos por Coimbra. E mesmo nos Açores, cujo Governo Regional liderado pelo PSD é apoiado pelo Chega, a candidata independente ganhou o segundo lugar a Ventura por 1380 votos.

PUB

André Ventura ficou em segundo em 11 distritos, entre os quais Portalegre, aquele onde mais se distanciou de Ana Gomes, com mais quase dez pontos percentuais. Dos 308 concelhos, a diplomata conquistou o segundo lugar em 90 e o terceiro em 192. O melhor resultado, depois do Porto, foi conseguido em Lisboa, onde arrecadou quase mais 16 mil votos do que Ventura. Ficou em quarto em 26 municípios, a grande maioria no Alentejo.

André Ventura foi segundo em 204 e obteve as votações mais elevadas em toda a faixa do interior do país, do Norte ao Sul, em concelhos com baixa densidade populacional. Ficou na terceira posição em 98 e na quarta em cinco (Castro Verde, Paredes, Marco de Canaveses, Castelo de Paiva e Penafiel) e ainda foi sexto na ilha açoriana do Corvo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG