Exclusivo

Profissionais receiam falta de preparação para a covid-19 no outono

Profissionais receiam falta de preparação para a covid-19 no outono

Seis meses depois dos dois primeiros casos positivos no país, e a três semanas da chegada do outono, a estratégia do Governo para receber uma nova vaga de covid-19 no tempo frio ainda não está fechada, o que deixa médicos e administradores hospitalares preocupados com as repercussões do arranque do ano letivo e do regresso de profissionais em teletrabalho.

Consideram as medidas já conhecidas para o Serviço Nacional de Saúde como "avulsas" e "insuficientes".

Na segunda-feira, o Ministério da Saúde anunciou mais 8,4 milhões de euros para testagem, o aumento da capacidade de cuidados intensivos num investimento de 26 milhões de euros, e a distribuição de 716 ventiladores, de um total de 1196, pelos hospitais. Ao JN, a tutela adiantou que está a receber contributos para a criação da "Estratégia Integrada para o Outono-Inverno".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG