O Jogo ao Vivo

Autárquicas

Rio: "O meu candidato ao Porto é Vladimiro Feliz, desde 2013"

Rio: "O meu candidato ao Porto é Vladimiro Feliz, desde 2013"

O líder do PSD apresentou, esta terça-feira, Vladimiro Feliz como candidato à Câmara do Porto, garantindo que, desde 2013, é o seu candidato. Rui Rio lançou também António Oliveira para Gaia, o deputado Ricardo Batista Leite para Sintra e Jorge Ascenção (presidente da Confap) para Gondomar. E rejeitou uma candidatura de Santana Lopes.

Nem Paulo Rangel nem até o autarca independente Rui Moreira, como o PSD chegou a tentar atrair, a aposta de Rui Rio para a Câmara do Porto sempre foi Vladimiro Feliz, garantiu, esta terça-feira, o líder dos sociais-democratas, ao apresentar mais 50 candidatos autárquicos.

O nome já tinha sido avançado pelo Jornal de Notícias esta segunda-feira.

"O meu candidato é Vladimiro Feliz, desde 2013, se eu o pudesse determinar, na altura", assegurou Rui Rio, embora tenha admitido o convite a Paulo Rangel e confirmado a recusa do eurodeputado em "correr o risco" de concorrer ao Porto. O líder do PSD referia-se à campanha que determinou a escolha do seu sucessor na Câmara do Porto. Na altura, a escolha do partido foi Luís Filipe Menezes, que perdeu para o independente Rui Moreira.

Agora. Rui Rio, que chegou a ser acusado de ter impulsionado a vitória de Rui Moreira, assume como objetivo retirar o autarca independente da Invicta. "Vamos à Câmara do Porto para ganhar, não é para enfraquecer o que lá está. É para o substituir", assumiu.

Ao apresentar aposta no seu "braço direito" na Câmara do Porto, Rui Rio deixou farpas a Rui Moreira, autarca que já garantiu não ser "confiável". "O meu candidato é este. Neste eu confio. Este é um homem confiável. É um homem que conhece bem a cidade do Porto. É uma pessoa leal", disse, deixando claro que aceitará a responsabilidade pelo resultado.

Durante a conferência de Imprensa, Rui Rio também confirmou a aposta no ex-jogador e selecionador Nacional António Oliveira para a Câmara de Gaia, liderada, há dois mandatos, pelo socialista Eduardo Vítor Rodrigues. E voltou a deixar farpas a Rui Moreira e ao autarca gaiense, por pertencerem a órgãos sociais do FC Porto. "(António Oliveira) há 15 anos que não tem nada a ver com o futebol", vincou, não confirmando se Luís Filipe Menezes será a aposta para a Assembleia Municipal. Uma opção que deixou para o candidato e para os órgãos locais do partido.

PUB

Já em Sintra, a aposta recai sobre aquele que Rui Rio considera ser um dos deputados mais conhecidos do PSD. Ricardo Batista Leite vai defrontar o autarca, eleito pelo PS, Basílio Horta.

Em Gondomar, o PSD foi buscar o presidente da CONFAP (Confederação Nacional das Associações de Pais), Jorge Ascenção.

De fora da corrida autárquica pelo PSD, está o seu ex-líder Pedro Santana Lopes, admitiu Rui Rio, explicando que não foi possível conciliar as opções do antigo primeiro-ministro, em termos de concelhos, com as do partido. "Não me parece que vá acontecer isso (ser candidato pelo PSD)", disse Rui Rio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG