Proteção Civil

Trovoada seca pode aumentar risco de incêndio até domingo

Trovoada seca pode aumentar risco de incêndio até domingo

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alertou para o risco de incêndio rural associado à ocorrência de aguaceiros e trovoada seca prevista com maior probabilidade nas regiões do interior Norte e Centro e Alto Alentejo.

Num comunicado enviado este sábado à agência Lusa, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) frisa que as previsões meteorológicas até domingo podem fazer "aumentar as condições favoráveis à eventual ocorrência e propagação de incêndios rurais, em especial nas regiões do Sul e do interior Centro e Norte".

"Prevê-se a partir da tarde de hoje e o dia de amanhã [domingo] um agravamento da instabilidade atmosférica, apresentando condições de instabilidade em todo o Portugal Continental, com exceção do Algarve, com maior probabilidade nas regiões do interior Norte e Centro e Alto Alentejo, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros e trovoada seca", refere a nota, baseada em informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Tendo em conta estas previsões, a ANEPC recorda medidas preventivas como a proibição de fazer queimadas sem autorização, bem como a proibição de utilização de fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados. É também proibido "fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais e lançar balões de mecha acesa", sublinha a Proteção Civil, recordando que foguetes só são permitidos com autorização das câmaras municipais.

A ANEPC alerta que é obrigatório o uso de "dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e um ou dois extintores de seis quilos, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas".

Outras Notícias