Conferência

Um óbito e 41 utentes infetados em lar de São Domingos de Rana

Um óbito e 41 utentes infetados em lar de São Domingos de Rana

Há um novo surto de covid-19 num lar de São Domingos de Rana, no concelho de Cascais. Dos 46 residentes, 41 estão infetados, registando-se um óbito. Seis profissionais da estrutura residencial também testaram positivo.

Rui Portugal, coordenador do Gabinete Regional de Intervenção para a Supressão da covid-19 em Lisboa e Vale do Tejo (LVT) confirmou a existência de um surto de covid-19 num lar de São Domingos de Rana.

Há, neste momento, 41 utentes e seis funcionários infetados. Um dos residentes acabou por falecer, sendo que outros seis permanecem internados. A notícia foi avançada durante a conferência de imprensa de apresentação dos mais recentes dados epidemiológicos.

Também presente no encontro com jornalistas, o secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, assegurou que "não há sobrecarga e existe capacidade para continuar a dar resposta às necessidades" na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), "a que continua a inspirar mais atenção das autoridades" por concentrar "a grande maioria de novos casos diários".

António Lacerda sublinhou ainda que a ocupação em unidades de cuidados intensivos nos hospitais da região é de 66%, "muito em linha com o resto do país, que é de 65%".

Questionado em relação à possibilidade de haver público nas bancadas na fase final da Champions, que se vai disputar em Lisboa, o governante afirmou que "não é possível saber como vai ser a evolução da pandemia", mas que, "nesta fase obviamente que não".

Face ao crescente número de casos localizados na região de Lisboa, António Lacerda frisou que "este é o momento do trabalho no terreno, de não ignorarmos os números mas não nos deixarmos vencer por eles".

Nesse sentido, o Gabinete Regional de Intervenção para a Supressão da covid-19 em Lisboa vai reforçar, durante esta semana, a colocação de equipas de saúde pública no terreno "para que seja efetivado o isolamento".

Segundo adiantou Rui Portugal haverá três equipas em Loures, uma em Odivelas, outra na Amadora, três em Sintra e mais três na cidade de Lisboa.

Mais de 80% dos profissionais de saúde infetados com covid-19 recuperaram e estão de novo a trabalhar.

Ao todo, 3143 profissionais de saúde com covid-19 já recuperaram. "São mais de 80% dos que tiveram a doença e estão já de volta aos seus empregos e às suas rotinas e a quem muito agradecemos pelo inestimável trabalho ao serviço do país", afirmou António Lacerda Sales.

A situação nos lares também foi referida pelo secretário de Estado, que garantiu haver agora menos casos ativos registados. "São hoje 213 com situações de covid-19", o que representa "8,4% do universo de estruturas residenciais para idosos a nível nacional".

Outras Notícias