Justiça

José Castelo Branco detido por suspeita de furto no aeroporto de Lisboa

José Castelo Branco detido por suspeita de furto no aeroporto de Lisboa

José Castelo Branco foi detido, esta quarta-feira à tarde, na zona de lojas do aeroporto de Lisboa, por suspeita de estar a tentar furtar um perfume.

Segundo apurou o JN, Castelo Branco foi apanhado a furtar perfumes nas lojas da zona franca e levado para a esquadra da PSP do aeroporto, onde foi feito o expediente. Cerca das 18 horas, estava prestes a ser libertado, depois de ter sido notificado para comparecer, quinta-feira, no Tribunal de Pequena Instância Criminal de Lisboa.

No Instagram, o socialite recusa a acusação e garante que a "funcionária quis ficar famosa", quando ele se ia "perfumar" com um perfume da Dior e comprar cigarros. Devido a este incidente, José Castelo Branco foi impedido de seguir viagem para Nova Iorque.

Em 2003, José Castelo Branco foi detido juntamente com a mulher, Betty Grafstein, também no Aeroporto de Lisboa, por tentar passar na alfândega com joias não declaradas.

Pouco depois de ter publicado dois vídeos sobre o tema no Instagram, a conta tornou-se privada. José Castelo Branco também alterou as definições de privacidade no Facebook.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG