O Jogo ao Vivo

Reino Unido

Mansão de Harry e Meghan em Windsor vai fechar

Mansão de Harry e Meghan em Windsor vai fechar

É mais um parágrafo na novela do divórcio de Harry e Meghan com a realeza britânica. O Frogmore Cottage, morada oficial do casal, localizada em Windsor, vai encerrar. Tudo indica que a dupla não pretende passar muito tempo no Reino Unido nos próximos tempos.

Os principais funcionários da casa estão a ser transferidos da residência oficial para exercerem tarefas na morada oficial da rainha, no Palácio de Buckingham. Outros elementos do staff, como cozinheiros ou empregados de limpeza, também terão sido dispensados das tarefas naquela habitação, escreve o jornal "Daily Mail", citado pelo "The Guardian".

Os novos dados surgem numa altura em que Meghan e Harry vão começar um processo de transição, dividindo o seu tempo entre o Reino Unido e o Canadá, com a bênção, ainda que relutante, por parte da rainha.

Meghan foi a primeira a sair de Inglaterra e já está no Canadá, na companhia do filho do casal, Archie, e dos dois cães. Encontra-se na Ilha de Vancouver, onde o casal passou seis semanas a gozar folga dos devereis reais durante o período de Natal. Harry, que se encontra em Inglaterra, apenas viajará para o Canadá na próxima semana, juntando-se, assim, ao filho e à mulher.

Funcionários dos serviços reais ainda estão a trabalhar nos detalhes relacionados com os novos papéis que o casal desempenhará no futuro, depois destes terem anunciado a intenção de "recuar" dos deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido, para se tornarem "financeiramente independentes".

Apesar de alguns funcionários estarem a ser dispensados dos serviços da moradia, fonte próxima do processo garantiu ao jornal inglês que nenhum elemento será despedido. "Em períodos mais calmos, os funcionários são frequentemente colocados noutros lugares", explicou.

Quando fizeram o anúncio na semana passada, os Sussex indicaram que pretendia usar Frogmore Cottage, oferecido pela rainha e cuja remodelação ficou orçamentada em mais de 2,5 milhões de euros, como residência oficial para que a família sempre tivesse um local para chamar casa no Reino Unido.

Harry e Meghan podem perder milhões de euros após independência financeira

O casal da realeza britânica poderá perder dois milhões de libras por ano, cerca de 2,3 milhões de euros, dos cinco que a rainha Isabel II reparte entre os netos Harry e William.

Ainda que se afastem como "membros seniores" da família real e comecem a trabalhar para serem "financeiramente independentes", Harry e Meghan garantem que continuam "a apoiar completamente a Sua Majestade".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG