Música

ASAE atenta aos bilhetes para os Coldplay no mercado negro

ASAE atenta aos bilhetes para os Coldplay no mercado negro

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) irá ter como prioridade a monitorização da venda de bilhetes para os concertos dos Coldplay no mercado negro e irá denunciar ao Ministério Público os sites que vendam ingressos acima do preço estipulado pelo promotor dos espetáculos. A garantia é dada, ao JN, pelo inspetor-geral do organismo, Pedro Portugal Gaspar.

Ontem, dia em que os bilhetes para os quatro concertos que a banda britânica tem marcados para Coimbra ficaram disponíveis e esgotaram em horas [ler página 32], já havia sites a vendê-los muito acima do valor oficial.

No Viagogo, página eletrónica especializada em bilhetes para eventos culturais e desportivos, as entradas com um preço oficial de 65 euros eram comercializadas acima dos 400 euros.

PUB

Prioridade aos bilhetes

Pedro Portugal Gaspar avisa que esta prática configura um crime de especulação e que os bilhetes adquiridos por este meio podem ser confiscados pelas autoridades. O inspetor-geral da ASAE acrescenta que o Viagogo já foi alvo de várias denúncias ao Ministério Público, mas que o seu encerramento tem sido dificultado pelo facto de estar sediado fora da União Europeia. "Vamos fazer uma nova queixa relativamente aos bilhetes para os Coldplay. Já há vários inquéritos a decorrer", refere. Pedro Portugal Gaspar anuncia ainda que a ASAE vai "monitorizar o mercado secundário" da venda de ingressos e que os concertos dos Coldplay estarão no topo das prioridades dos inspetores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG