Artes/Etc

Compositor ucraniano estreia obra em festival de música clássica em Bragança

Compositor ucraniano estreia obra em festival de música clássica em Bragança

A segunda edição do Bragança ​​​​​​​Classic Fest"2022, entre 30 de setembro e 9 de outubro, vai ser palco para a estreia mundial de uma obra de Bohdan Sehin, um dos principais compositores ucranianos da atualidade e maestro da Orquestra Filarmónica de Lviv.

Trata-se de a "Última canção de embalar" que será interpretada no dia 6 de outubro por Diana Tishchenko, a violinista natural da Ucrânia, em ascensão internacional, que regressa a Bragança, depois de ter participado na primeira edição do Festival de Música Clássica em 2021. "Esse tema foi uma proposta da Diana Tishchenko, que eu aceitei de imediato, porque faz todo o sentido ter, mesmo na música, por sermos músicos do presente não deixarmos de refletir sobre a nossa vida e as nossas preocupações. Será uma estreia mundial, que reflete algo que se está a passar no mundo, que é a guerra na Ucrânia", explicou Filipe Pinto-Ribeiro, diretor artístico do Bragança Classic Fest"2022.

O festival conta com sete concertos, com a abertura no dia 30 de setembro pela Orquestra de Câmara de Viena (Áustria). "É uma programação fabulosa com grades artistas e grandes músicos que vêm a Bragança dando o seu contributo para a dinamização cultural do concelho. É um grande evento, que permite às pessoas acesso à música erudita de forma acessível", referiu o presidente da Câmara, Hernâni Dias, sublinhado o empenho da autarquia em "trazer as melhores programações possíveis ao concelho, mesmo que implique um trabalho conjuntgo com outros parceiros".

PUB

Filipe Pinto-Ribeiro realçou que este é um festival "que nivela por cima, com uma programação de nível mundial que podia ser de qualquer grande capital, como Tóquio, Nova Iorque, ou Paris",

Apenas os quatro concertos realizados no Teatro Municipal de Bragança são pagos, com os bilhetes a custar sete euros. Os outros três, cujos palcos serão igrejas, como a Sé Velha, Igreja de Santa Maria (castelo) e a Igreja de S. Francisco, têm entrada grátis.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG