O Jogo ao Vivo

Tráfico RCA

Associação de oficiais das Forças Armadas quer punições exemplares para traficantes

Associação de oficiais das Forças Armadas quer punições exemplares para traficantes

A Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA) pede punições exemplares caso venha a ser provado o envolvimento de militares portugueses em missão na República Centro-Africana no tráfico de diamantes, ouro e estupefacientes, uma conduta que sublinha ser "completamente contrária aos valores e princípios pelos quais se regem as Forças Armadas".

Em comunicado, a associação considera que, se os factos forem confirmados, "inevitavelmente está em causa o bom nome das Forças Armadas portuguesas e dos militares portugueses", pelo que "toda a verdade deve ser apurada até às últimas consequências e, caso se venha a apurar o envolvimento de militares, estes deverão ser exemplarmente responsabilizados e punidos sem quaisquer contemplações".

O documento, subscrito pelo presidente da AOFA, tenente-coronel António Mota, salienta, contudo, que "não é de todo tolerável que se consumem julgamentos em praça pública, devendo ser escrupulosamente respeitado o princípio fundamental da "presunção da inocência", até que sejam apuradas responsabilidades pela Justiça.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG