Exclusivo

Espanto geral com Braga recordista de processos abertos

Espanto geral com Braga recordista de processos abertos

A comarca de Braga, que coincide com o distrito, é a que maior número de inquéritos-crime por corrupção (143) abriu em 2020, de acordo com o Relatório Anual de Segurança Interna.

Seguem-se Faro com 68 e Aveiro com 64. A estatística espanta o autarca de Braga, juristas e empresários, e alguns atribuem-na a Vila Verde, de onde chegam dezenas de queixas por ano ao Ministério Público (MP). A partidarite, dizem, leva a que simpatizantes do PS se queixem dos autarcas do PSD, no poder, e os sociais-democratas respondam na mesma moeda, denunciando vereadores e a Misericórdia, tida como afeta à oposição. "São dezenas por ano, a maioria sem fundamento", disse um magistrado local ao JN.

O MP de Braga tinha em 2019 mais de 400 processos da área da criminalidade económico-financeira, que incluem participação económica em negócio - crime em que a comarca também lidera, com 26 inquéritos - fraude na obtenção de subsídio e fraude fiscal. Em 2020, foram arquivados 83 inquéritos de corrupção.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG