Crime

Homicida de adolescente da Amadora fica em prisão preventiva

Homicida de adolescente da Amadora fica em prisão preventiva

O presumível homicida do jovem de 16 anos morto à facada durante uma luta de gangues, na estação da CP de Amadora, foi detido pela Polícia Judiciária, na madrugada deste sábado.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, o indivíduo, de 17 anos, já tinha sido identificado pela PJ e estava a ser procurado, quando se apresentou na sede da PJ em Lisboa, na companhia do seu advogado. O jovem confessou os factos, mas negou que tinha intenção de matar a vítima. Ficou em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Recorde-se que a vítima, um jovem de 16 anos, morreu na quinta-feira à noite depois de ter sido esfaqueado até à morte na estação de comboios da Amadora, durante um confronto entre grupos rivais, marcado através das redes sociais.

Segundo o JN apurou, o confronto foi marcado pela Internet por dois grupos rivais: um com origem em Queluz, Sintra, e outro em Chelas, Lisboa. E o embate teve lugar pelas 20 horas desta quinta-feira, na estação da CP da Amadora.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG