Exclusivo

Homicida de ator Bruno Candé nega motivação racista à PJ

Homicida de ator Bruno Candé nega motivação racista à PJ

Autor do crime de Moscavide alegou conflito com origem na cadela do ator Bruno Candé Marques. SOS Racismo e políticos exigem justiça.

O assassinato, no sábado, do ator Bruno Candé Marques cometido por um homem de 80 anos que, noutras ocasiões, já lhe teria dirigido insultos racistas e ameaçado de morte levou a associação SOS Racismo e várias atores políticos a exigir que seja feita justiça. Interrogado pela Polícia Judiciária (PJ), o arguido rejeitou que o ato tenha tido motivação racista e explicou o crime com desavenças a propósito de um incidente com a cadela da vítima, apurou o JN.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG