Acusação

Mata ex-companheira a tiro e desfaz-se da arma no Ecoponto

Mata ex-companheira a tiro e desfaz-se da arma no Ecoponto

Um homem, de 60 anos, que matou a companheira, com dois tiros de espingarda, numa casa de Castanheira de Pêra, em junho do ano passado, vai ser julgado em breve por homicídio qualificado, posse de arma ilegal e burla informática. O indivíduo desfez-se da arma em Ecopontos, após o crime e fugiu para Gondomar, de onde é natural, mas acabou detido, dias depois, quando assistia ao jogo de estreia do Europeu de Futebol, numa churrasqueira.

Albino Pinheiro e a vítima, Teresa Paula Tomás de Oliveira, viúva de 55 anos, começaram a namorar em 2018 e, dois anos depois, passaram a viver juntos, na residência da mulher.

PUB

Em maio de 2021, Teresa quis acabar com a relação e deu um prazo a Albino para sair de casa. Cerca de dois meses depois, gerou-se uma violenta discussão e o homem foi buscar uma espingarda que guardava num quarto. Municiou-a com dois cartuchos de caça e disparou contra Teresa. A mulher morreu no local.

Depois, numa de papel acabou por assumir o crime e colocou o escrito sobre o cadáver da companheira.
Segundo o MP, o arguido desmontou depois a espingarda que colocou em ecopontos e arremessou os cartuchos deflagrados para o recinto exterior de uma escola primária.

De regresso a casa, furtou um computador portátil e um tablet da filha da vítima, retirou da carteira desta dois cartões de débito (com os quais fez três levantamentos de 200 euros cada) e colocou-se em fuga em direção a Gondomar numa viatura habitualmente usada pelo casal, mas pertença do pai da ofendida.

A PJ de Coimbra começou a investigar e difundiu as características da viatura para todas as polícias, em especial na sua terra natal, Gondomar.

Para evitar ser preso, comprou um novo telemóvel e evitava andar na rua. Mas o homem acabou por ser detetado, dias depois do crime, pela GNR de Fânzeres. O Opel Corsa usado pelo fugitivo foi detetado nas imediações da Churrasqueira Alves. O suspeito estava no interior do restaurante, onde se preparava para assistir a estreia do Europeu de futebol.

Ficou em prisão preventiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG