O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Motorista de Cabrita cumpriu orientações do Corpo de Segurança Pessoal da PSP

Motorista de Cabrita cumpriu orientações do Corpo de Segurança Pessoal da PSP

Acusação do Ministério Publico desmente gabinete de Cabrita e garante que trabalhos na A6 estavam "devidamente sinalizados".

O Ministério Publico (MP) alega que um dos motivos para o acidente que matou um trabalhador na A6 foi o facto de o carro que transportava o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, circular, sem motivo, na faixa de rodagem da esquerda. Porém, nas declarações que prestou durante a fase de inquérito, o motorista do BMW referiu que se posicionou daquela forma porque recebeu instruções dos elementos do Corpo de Segurança da PSP que, no dia 18 de junho, acompanhavam o governante.

Na acusação conhecida na sexta-feira, ao motorista é imputado um crime de homicídio por negligência. Marco Pontes admitiu que seguia "na faixa mais à esquerda", à frente de uma "viatura de segurança", que circulava na faixa à direita e de um terceiro carro, também com elementos da comitiva governamental, "igualmente na faixa da esquerda".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG