O Jogo ao Vivo

Emigrante

Pai de portuguesa decapitada em França diz que ficou "abananado"

Pai de portuguesa decapitada em França diz que ficou "abananado"

Pai de portuguesa encontrada desmembrada em França disse que ficou "abananado" ao saber da morte da filha. A mulher, de 40 anos, era natural das Caxinas, Vila do Conde.

Diana Santos, 40 anos, natural de Vila do Conde, foi encontrada morta, decapitada, num edifício abandonado nas imediações da Câmara de Mont-Saint-Martin, no departamento Meurthe-et-Moselle, comuna francesa perto da fronteira com o Luxemburgo, país de acolhimento da emigrante portuguesa.

"Fiquei meio abananado, caiu-me tudo. Nunca pensei numa situação destas. Nunca pensamos que pode acontecer a um filho nosso", disse o pai de Diana Santos, em declarações ao jornal "Contacto", no Luxemburgo.

PUB

"Só sei que a minha filha foi assassinada e desmembrada. Ninguém queria estar no meu lugar, porque nos passa tudo pela cabeça", acrescentou o progenitor.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros português anunciou que os consulados gerais de Estrasburgo e do Luxemburgo estão a acompanhar "com especial atenção" este caso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG