Saúde

IPO sensibiliza jovens para a dádiva de sangue

IPO sensibiliza jovens para a dádiva de sangue

"Salve uma vida, dê sangue no IPO - Porto" é a campanha iniciada, esta sexta-feira, pelo Instituto Português de Oncologia (IPO) no polo universitário da Asprela e que tem como objetivo sensibilizar os jovens para a importância da dádiva de sangue.

De acordo com o IPO, "o consumo de componentes plaquetários no doente oncológico aumentou 13,3 %", sendo que anualmente são realizadas cerca de "15 mil transfusões de sangue que beneficiam mais de dois mil doentes".

"O crescente consumo de componentes sanguíneos para o tratamento adequado de cada vez mais doentes oncológicos obriga a um apelo constante à dádiva de sangue. É igualmente importante explicar aos mais jovens que a dádiva de sangue ou de componentes é um dever de cidadania simples e solidário permitindo salvar uma ou mais vidas", referiu Luísa Lopes dos Santos, responsável pelo Serviço Imuno-Hemoterapia.

Os interessados que tenham idade igual ou superior a 18 anos, mais de 50 quilos e hábitos de vida saudáveis, devem fazer a sua inscrição no IPO e, após uma consulta médica, poderão doar sangue.

Aos dadores é ainda aconselhado, após tirar sangue, que evitem bebidas alcoólicas, não fumem durante uma hora e não pratiquem exercício físico excessivo.

No IPO, a recolha decorre de segunda a sexta, entre as 8.30 e as 19 horas, e ao sábado, das 8.30 às 12.30 horas.