O Jogo ao Vivo

Atentado

Morreu o antigo primeiro-ministro japonês baleado esta manhã num comício

Morreu o antigo primeiro-ministro japonês baleado esta manhã num comício

O antigo primeiro-ministro japonês Shinzo Abe morreu esta sexta-feira no hospital onde estava internado, depois de ter sido baleado durante um comício.

A notícia da morte de Shinzo Abe está a ser avançada pela emissora pública japonesa NHK. O antigo primeiro-ministro japonês foi baleado durante um comício na cidade de Nara, esta sexta-feira de manhã.

O ex-primeiro-ministro, de 67 anos, foi transportado de ambulância para um hospital perto da estação Kintetsu Yamato-Saidaiji, onde foi confirmado o óbito. Segundo a NHK, Abe não apresenta sinais de vida quando foi socorrido no local do atentado.

PUB

O suspeito do ataque é um desempregado de 41 anos e ex-membro da força naval do país, anunciou a polícia japonesa. Yamagami Tetsuya, originário de Nara, foi detido no local do atentado, enquanto segurava uma arma com a qual terá disparado dois tiros contra o antigo líder japonês.

Segundo fontes do Ministério da Defesa japonês, o alegado agressor trabalhou no ramo naval das Forças de Auto-defesa por três anos, até 2005.

Shinzo Abe participava num comício eleitoral do Partido Liberal Democrático (PLD) para as eleições parlamentares de 10 de julho, quando foram ouvidos tiros. o ex-primeiro-ministro foi atingido nas costas, como é possível ver nas imagens captadas no momento do ataque.

O ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe bateu recordes de longevidade na liderança do país e resistiu a numerosos escândalos políticos e financeiros que envolveram também a sua família.

Shinzo Abe, de 67 anos, deixara há quase dois anos o cargo de primeiro-ministro por razões de saúde. Nacionalista pragmático, tinha 52 anos quando se tornou chefe de Governo pela primeira vez em 2006, o mais jovem da história no Japão no pós-guerra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG