Pandemia

Presidente francês infetado tem covid-19. Esteve com António Costa ontem

Presidente francês infetado tem covid-19. Esteve com António Costa ontem

O presidente francês Emmanuel Macron foi diagnosticado com covid-19, um dia depois de ter almoçado com António Costa.

Emmanuel Macron vai ficar em isolamento durante os próximos sete dias, anunciou o palácio do Eliseu, a residência oficial do presidente francês, revelando que o chefe de Estado gaulês apresentou sintomas das doença.

Macron "vai continuar a trabalhar e assegurar as suas atividades à distância", acrescenta a mesma nota, que não diz quando começaram os sintomas ou quando o presidente francês fez o teste.

O diagnóstico foi conhecido um dia depois de o primeiro-ministro português, António Costa, ter estado em Paris para um almoço de trabalho com o Presidente francês, com a preparação da presidência portuguesa da União Europeia como tema principal.

Antes desta reunião, o Presidente dirigiu o Conselho de Ministros, participou no Conselho Europeu no fim da semana passada em Bruxelas, teve um encontro com os participantes da Convenção Cidadã do Clima, almoçou com o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, e com o secretário-geral da OCDE, Angel Gurría.

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, foi identificado como caso contacto, já fez o teste e cumprirá também um período de isolamento, assim como porta-voz do Governo, Gabriel Attal.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, também vai ficar de quarentena nos próximos sete dias, até 24 de dezembro. Uma decisão tomada depois de ser conhecido o teste positivo de Macron, com quem almoçou o presidente do governo espanhol, na segunda-feira.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG