Exclusivo

Tribunal Superior dá razão a português doente retido na Colômbia

Tribunal Superior dá razão a português doente retido na Colômbia

Pedro Coelho, que sofre de cancro terminal, diz já ter cumprido a pena, mas autoridades não resolvem processo para que saia da Colômbia.

O Tribunal Superior de Bogotá, na Colômbia, ordenou ao tribunal de execução de penas daquele país que finalmente se pronuncie sobre o caso de Pedro Coelho, o português que diz ter terminado há mais de quatro meses de cumprir uma pena por corrupção na Colômbia, mas ainda não pode deixar o país por faltar a documentação que o ateste. Pedro Coelho foi, há uns meses, diagnosticado com um cancro terminal e tem vindo a pedir aos tribunais que o deixem regressar a Portugal.

Na decisão, datada de 24 de janeiro, a que o JN teve acesso, o tribunal superior ordena que o tribunal responsável pela execução de penas e medidas de segurança se pronuncie sobre a solicitação apresentada pelo português em setembro do ano passado. O facto trouxe "esperança" a Pedro Coelho, que se tem vindo a queixar da "falta de respostas" das autoridades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG