Guerra na Ucrânia

Xi Jinping pede a Biden para trabalharem juntos pela paz

Xi Jinping pede a Biden para trabalharem juntos pela paz

Os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da China, Xi Jinping, conversaram durante duas horas, com Washington a tentar que Pequim não forneça ajuda a Moscovo e Pequim a pedir uma solução pacífica para a Ucrânia.

De acordo com uma transcrição preliminar avançada pela agência noticiosa estatal chinesa Xinhua, Xi Jinping pediu ao seu homólogo americano para que trabalhe consigo em prol da paz mundial, dizendo que a situação na Ucrânia é algo que ambos "não gostariam de ver".

"A China e os Estados Unidos não devem apenas orientar as suas relações para o caminho certo, mas também compartilhar as suas responsabilidades internacionais, e trabalhar pela tranquilidade e estabilidade globais", disse o líder chinês.

Minutos depois da conversa entre os dois líderes, a diplomacia chinesa disse que Pequim lamenta o "confronto e conflito", considerando que "não interessa a nenhuma das partes", sem atribuir qualquer culpa à Rússia.

"Como membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU e como as duas maiores economias do mundo, cabe a nós não apenas liderar as relações China-EUA no caminho certo, mas também assumir responsabilidades internacionais e trabalhar pela paz e tranquilidade no mundo", disse o Presidente chinês.

Biden voltou a pedir a Pequim para se distanciar da posição do presidente russo, Vladimir Putin, desde logo não aceitando os pedidos de Moscovo para ajuda militar chinesa.

De acordo com uma breve peça sobre a conversa telefónica transmitida pelo canal público chinês de televisão CCTV, Xi Jinping defendeu ainda que "as relações entre os Estados não podem chegar ao confronto armado".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG