Covid-19

Canceladas peregrinações ao Santuário de Fátima

Canceladas peregrinações ao Santuário de Fátima

As medidas preventivas aconselhadas pela autoridade nacional de saúde levaram já ao cancelamento de três peregrinações nacionais ao Santuário de Fátima.

Os responsáveis do templo mariano decidiram ainda suspender os retiros com doentes até à Páscoa e estão a avaliar o evoluir da situação diariamente, não tendo, até ao momento, sentido a necessidade de cancelar as celebrações previstas no seu programa oficial.

Segundo informações do serviço de comunicação do Santuário, foi delineado um plano de contingência, que vai acompanhando as recomendações da Direção-Geral de Saúde e sendo ajustado em face das necessidades.

Neste contexto, em articulação com o Movimento da Mensagem de Fátima (MMF), foram suspensos os três turnos de retiros: o primeiro estava agendado para arrancar esta terça-feira, com doentes da diocese de Viana do Castelo, o segundo, entre 26 e 29 de março, para doentes da diocese Leiria-Fátima, e o terceiro, entre 2 e 5 de abril, com doentes da diocese do Porto.

Em relação às peregrinações, foram canceladas por iniciativa própria dos grupos as peregrinações nacionais da Fraternidade Nuno Álvares (14
de março); do Verbo Divino (14 e 15 de março) e da Federação Nacional do Folclore (22 de março). Até agora, também cancelaram a deslocação à Cova da Iria pelo menos 31 grupos de peregrinos, maioritariamente oriundos da Ásia.

Para os próximos dias 12 e 13 de março estão previstas as celebrações da peregrinação mensal promovida pelo Santuário, que incluem uma oração na Capelinha das Aparições, seguida de procissão das velas, e realização de uma missa na Basílica da Santíssima Trindade. De acordo com informações prestadas ao JN esta terça-feira, até indicações em contrário, o programa é para manter.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG