Exclusivo

Esquerdas prometem entendimento porque maioria "não é poder absoluto"

Esquerdas prometem entendimento porque maioria "não é poder absoluto"

PCP quer alianças e Costa diz que não governará sozinho apesar da sua maioria. O Governo pode tomar posse já em fevereiro. O Orçamento do Estado espera pelo verão.

Consulte aqui os resultados no seu concelho e freguesia

Um PS de "mãos livres" foi o cenário que PCP e Bloco de Esquerda tentaram combater, sem sucesso. Mas Costa garantiu, já depois da meia-noite, que "uma maioria absoluta não é poder absoluto, não é governar sozinho". É sim "uma responsabilidade acrescida", contrapôs, garantindo "diálogo". Antes disso, Jerónimo de Sousa disse que Costa tinha a opção de convergir com a CDU, em vez de se entender com o PSD. Mas Catarina Martins mostrou não acreditar em margens para diálogo, quando o PS concretizava a sua maioria.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG