O Jogo ao Vivo

Exclusivo

"Filhos da violência doméstica" reprovam cinco vezes mais

"Filhos da violência doméstica" reprovam cinco vezes mais

Estudo sobre 1205 descendentes de mulheres violentadas concluiu que os que assistem a agressões têm mais perturbações mentais e cometem mais crimes.

Os descendentes das vítimas de violência doméstica reprovam, ao longo do seu percurso escolar, cinco vezes mais do que as restantes crianças e adolescentes. A conclusão é de um estudo levado a cabo por dois investigadores e docentes universitários, que mostra também que os "filhos da violência doméstica" têm mais perturbações mentais e cometem mais crimes em contexto escolar do que os restantes jovens.

"Percebe-se que, em todas as variáveis analisadas, os índices verificados nos filhos das vítimas de violência doméstica são sempre mais elevados. A violência doméstica é uma marca que fica para sempre", constata o autor do trabalho académico Miguel Rodrigues.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG