Síntese

Os concelhos fundamentais para leitura rápida das autárquicas

Os concelhos fundamentais para leitura rápida das autárquicas

Síntese da noite eleitoral.

Porto - Rui Moreira venceu a Câmara do Porto e com maioria absoluta. O adversário socialista Manuel Pizarro perdeu e diz que travou uma batalha eleitoral "em condições terríveis". O candidato do BE, João Teixeira Lopes, não conseguiu ser eleito. A CDU leva para a Câmara Ilda Figueiredo.

Lisboa - A presidente do CDS-PP e candidata à Câmara de Lisboa, Assunção Cristas, declarou-se esta noite líder da oposição na capital e disse estar a trabalhar para estender essa liderança ao país. Fernando Medina conquista maioria.

Almada - A deputada Inês de Medeiros, do Partido Socialista, conseguiu um dos maiores feitos destas autárquicas, vencendo a câmara de Almada à CDU, que governava o município desde as primeiras eleições.

Aveiro - Ribau Esteves (PSD-CDS-PPM ) reforçou maioria à frente da Câmara de Aveiro, ao conquistar seis dos nove lugares de vereação, mais um do que no mandato anterior, apesar de ter mantido praticamente a percentagem. Os outros três lugares serão ocupados pelo PS, que subiu 6%.

Beja - O socialista Paulo Arsénio foi eleito presidente, com maioria absoluta, recuperando para o PS o antigo "bastião" comunista do Baixo Alentejo que só esteve quatro anos nas "mãos" dos socialistas.

Braga - Ricardo Rio (PSD/CDS-PP/PPM) obteve a maioria absoluta e melhor resultado do que em 2013, elegendo mais um vereador para a coligação.

Coimbra - O presidente da Câmara de Coimbra, o socialista Manuel Machado, foi reeleito. Jaime Ramos, do PSD, elegeu menos um vereador.

Faro - O presidente da Câmara de Faro foi reeleito. Rogério Bacalhau (PSD/CDS-PP/MPT/PPM) obteve maioria absoluta, com 43,94% dos votos, elegendo cinco vereadores, o que representa uma diferença de 1.572 votos (38,06%) relativamente ao PS, que elege quatro.

Gondomar - O socialista Marco Martins renovou a maioria absoluta. Valentim Loureiro ficou em 3.º lugar. O "dinossauro" autárquico conseguiu eleger dois vereadores. O novo executivo camarário de Gondomar integrará ainda dois vereadores da CDU (PCP/PEV) e um da coligação PSD/CDS-PP.

Guimarães - O PS manteve a maioria absoluta e seis vereadores. A coligação Juntos por Guimarães também ganhou votos e um vereador. A CDU é o grande derrotado da noite, ao não eleger José Torcato Ribeiro, o único vereador que tinha.

Loures - O atual presidente da Câmara de Loures, Bernardino Soares (CDU), manteve a liderança do município, mas sem maioria absoluta, com quatro mandatos, contra sete da oposição.

Maia - O filho do histórico Vieira de Carvalho não conseguiu destronar o PSD/CDS-PP da Câmara. António Silva Tiago sucede assim a Bragança Fernandes e com maioria absoluta.

Matosinhos - A socialista Luísa Salgueiro venceu a câmara e devolve assim a autarquia ao PS. O candidato independente Narciso Miranda ficou em segundo lugar.

Oeiras - Isaltino Morais destronou o seu antigo número dois. É um dos grandes vencedores da noite eleitoral.

Viana do Castelo - Os socialistas reforçaram a maioria absoluta. José Maria Costa elegeu mais um vereador do que em 2013.

Vila do Conde - O PS perdeu Vila do Conde, bastião que governava há 43 anos. A independente Elisa Ferraz venceu as eleições com maioria absoluta.

Vila Nova de Gaia - O socialista Eduardo Vítor obteve uma vitória esmagadora, vencendo em todas as juntas de freguesia.

Vila Real - Rui Santos, o atual presidente da câmara de Vila Real, voltou a vencer a eleição, realizada este domingo, mantendo o PS a governar a autarquia. Rui Santos tem uma maioria "absolutíssima", com sete vereadores, contra dois do PSD.

Viseu - Almeida Henriques (PSD) foi reeleito para o segundo mandato. O PS mantém três vereadores.

ver mais vídeos