O Jogo ao Vivo

Eliminação da Violência contra as Mulheres

Marcelo apela à denúncia da violência doméstica

Marcelo apela à denúncia da violência doméstica

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apelou esta segunda-feira "a todos os portugueses" que "não tenham medo de denunciar" a violência doméstica e, às vítimas, "que não tenham medo de defender os seus direitos".

Esta segunda-feira, assinala-se o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

"Eu sei que é difícil, porque há agressores muito próximos, que pressionam muito, que condicionam muito o seu comportamento, mas, numa sociedade civilizada e democrática, é intolerável a violência doméstica. Esse é o primeiro apelo que faço hoje: não tenham medo de dizer não à violência doméstica", afirmou o presidente da República, no final de uma visita ao Espaço Júlia - RIAV (Resposta Integrada de Apoio à Vítima), em Lisboa.

Inaugurado em 2015, o espaço funciona 24 horas por dia e nasceu de um protocolo entre a Junta de Freguesia de Santo António, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP e o Centro Hospitalar Lisboa Central. A visita, longe dos olhares dos jornalistas, contou ainda com a presença do autarca local, Vasco Morgado, e o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Atualmente, existem estruturas semelhantes no Porto e em Oeiras.

Por ser um crime público, a violência doméstica pode ser denunciado por qualquer pessoa, nomeadamente à PSP e à GNR. Existem ainda várias linhas de apoio à vitima, entre as quais o 800 202 148, disponível durante todo o ano, 24 horas por dia. A chamada é gratuita.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG