Covid-19

Portugal continua fora do corredor turístico do Reino Unido

Portugal continua fora do corredor turístico do Reino Unido

Portugal vai continuar de fora do corredor turístico do Reino Unido. O governo de Boris Johnson continua a impor uma quarentena de 14 dias a quem regresse do território português.

O anúncio foi feito esta sexta-feira de manhã pelo secretário de Estado dos Transportes, Grant Shapps. O governante disse que foi rejeitada a proposta de Portugal de ser inserido na lista segura de 74 países e territórios, cujos passageiros não se necessitam de fazer quarentena no regresso ao Reino Unido.

Espanha, apesar de ter registado surtos de covid-19 em algumas regiões, continua na lista de países seguros, ao contrário de Portugal. A 28 de julho, segundo o jornal "The Telegraph", passageiros oriundos da Eslovénia, Eslováquia, Letónia, Estónia e de São Vicente e das ilhas Granadinas, nas Caraíbas, também não necessitam de fazer quarentena.

O mesmo jornal adianta que a notícia poderá "provocar ira" em Portugal, já que perto de dois milhões de britânicos deslocam-se para o Algarve anualmente. Esta quinta-feira, o "Times" dava como certo a retirada das restrições de viagens para Portugal, mas tal não se confirmou.

No início de julho, o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, considerou "absurdo" a exclusão de Portugal do corredor turístico do Reino Unido e disse que esperava que o governo britânico corrigisse "rapidamente" a decisão.

O ministério dos Transportes vai continuar a atualizar a lista de países de quatro em quatro semanas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG