Ciberataque

Rede da Vodafone Portugal "encontra-se estabilizada"

Rede da Vodafone Portugal "encontra-se estabilizada"

A rede da Vodafone "encontra-se estabilizada", o que inclui, além da voz móvel e fixa, também os serviços de dados e de televisão, embora possam vir a registar-se situações de "instabilidade pontual", divulgou a empresa.

A Vodafone Portugal foi alvo de um ciberataque na segunda-feira, 7 de fevereiro, que afetou a sua rede e os seus quatro milhões de clientes. Na sua última atualização, a operadora liderada por Mário Vaz refere que "no final de uma semana de esforços desenvolvidos para restabelecer as operações da Vodafone Portugal após o ciberataque, ainda que possam vir a verificar-se situações de instabilidade pontual, a rede encontra-se estabilizada". Isso inclui, "além da voz móvel e fixa, também os serviços de dados e de televisão", detalha.

A empresa salienta que "hoje foi um dia especialmente dedicado ao restabelecimento da totalidade das funcionalidades específicas para clientes empresariais, encontrando-se a mesma praticamente concluída".

Em termos internos, "há ainda muito trabalho pela frente para assegurar a total sustentabilidade da operação em aspetos que, não penalizando a disponibilidade dos serviços, impactam a empresa", sublinha.

A Vodafone Portugal destaca que os últimos dias "foram de trabalho muito intenso para as equipas" da operadora, "que permitiram -- após a enorme disrupção de que a empresa foi alvo -- repor em menos de 24 horas o equivalente a uma década de inovação tecnológica, passando de 2G/3G para 4G/5G".

A Vodafone Portugal "continua a colaborar de forma estreita com as autoridades na investigação em curso" e "agradece a todos a compreensão e as muitas manifestações de apoio neste período excecional de crise sem precedentes, e enaltece o empenho e a entrega contínua de todos os seus colaboradores e parceiros nesta semana extremamente desafiante".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG