Exclusivo

Segurança Social cortou um quarto dos subsídios de educação especial

Segurança Social cortou um quarto dos subsídios de educação especial

Entre janeiro e abril deste ano, um em cada quatro subsídios de educação especial foi cortado pela Segurança Social (SS). Foram feitos menos 45 mil pagamentos de apoios de bonificação por deficiência, no mesmo período, enquanto o abono de família continua na trajetória descendente e o número de beneficiários nunca foi tão baixo. As famílias e os terapeutas das crianças em risco pela falta de tratamentos estão a organizar um protesto no próximo dia 27 de junho, às 10.30 horas, em frente ao centro de verificação de incapacidades da SS, em Valadares (Gaia).

Nos primeiros quatro meses deste ano, a SS pagou menos 5264 subsídios de educação especial face a igual período do ano passado, o que equivale à eliminação de um em cada quatro apoios pagos a crianças que, por sofrerem de uma deficiência, necessitam de frequentar ensino especial ou ser acompanhadas com terapias, normalmente efetuadas no privado e pagas contra reembolso aos pais. O total destes apoios no quadrimestre foi o mais baixo desde 2015, altura em que Pedro Passos Coelho prosseguia a política de cortes da troika.

A bater Mínimos

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG