Imagens

Últimas

Mariana Mortágua

Tirar a alma ao negócio da fraude

Passou despercebido mas na passada quinta-feira o Parlamento debateu e aprovou, na generalidade, por iniciativa do Bloco, medidas importantes para promover a transparência e combater o crime económico. Ainda há, sobretudo na Associação Portuguesa de Bancos e no PSD, firme oposição à ideia de que a Autoridade Tributária deve ter acesso a informação bancária relevante. Já em 2011 PSD e CDS se tinham abstido na emenda que permitiu acesso facilitado do Ministério Público a dados bancários no contexto de investigações criminais. Independentemente da sua gestão mediática, os vários processos entretanto desencadeados reforçam uma ideia simples: não há combate eficaz à fraude fiscal e ao crime económico se as autoridades estiverem impedidas de aceder a dados bancários.

Mariana Mortágua

Quem manda na sombra

É uma pedra no sapato do Banco de Portugal. A empresa de investimentos BlackRock faz parte de um consórcio da mais alta finança mundial que ameaça boicotar o país por conta da transferência de 2000 milhões de euros de dívida que vinha do antigo BES e que passou do Novo Banco para o "banco mau". Mas, como relata o jornalista Paulo Pena em dois artigos recentes no "Público", esta não é a única ligação do BlackRock ao banco de Ricardo Salgado e à economia portuguesa.

Mariana Mortágua

A Galp dá-lhe as boas-vindas aos benefícios flexíveis!

"O plano de benefícios flexíveis vem permitir que cada colaborador possa escolher, se assim o entender, de uma forma dinâmica, flexível e participada, os benefícios adicionais de que pretende usufruir". É assim que a Galp apresenta aos seus trabalhadores uma nova política de remunerações, que permite substituir uma parte variável do salário - os prémios anuais - pelo reembolso de despesas em transportes, saúde, reforma, educação e tecnologia. As faturas devem, segundo as instruções, ser pedidas com o número fiscal da Galp. E o prospeto continua: "com este plano ainda beneficiarás de um conjunto de vantagens: condições específicas e atrativas, adequabilidade às necessidades de cada colaborador, aumento da disponibilidade financeira, facilidade do processo de adesão".